Últimas Notícias

Presidente da BAMIN recebe título de cidadão baiano O título foi uma proposição da presidente da comissão Especial da Fiol da Assembleia Legislativa
BAMIN recebe autorização para construir terminal portuário A autorização contou com a presença do governador da Bahia Jaques Wagner e com o ministro da SEP, Antonio Henrique Silveira
Agência federal autoriza construção do Porto Sul A Bamin e o Governo da Bahia poderão construir o maior empreendimento portuário do Nordeste brasileiro
Bamin recebe prêmio de reconhecimento socioambiental Técnica pioneira em projetos de mineração no Brasil permite maior celeridade na recuperação de áreas degradas e maior efetividade na conservação das espécies

Mina e Usina de Concentração

A mina e a usina de concentração da Bahia Mineração serão instaladas a uma distância de aproximadamente 30 km da cidade de Caetité.

Segundo estudos da consultoria internacional SRK Consulting, empresa responsável pelo estudo de pré-viabilidade, a jazida do projeto Pedra de Ferro tem uma reserva estimada em 470,5 milhões de toneladas de minério de ferro com teor médio de 40% Fe. A área mineralizada possui espessura entre 30 e 120m, constituído principalmente de: itabirito compacto, itabirito friável e hematita friável.

Para extração do minério de ferro, a Bahia Mineração utilizará os equipamentos e técnicas mais modernas disponíveis no mercado mundial, visando ter um processo de extração extremamente eficiente e ambientalmente correto.

A mina e a usina de concentração apresentarão as seguintes estruturas: cava de extração de minério de ferro, planta de beneficiamento, pilha de disposição de estéril e barragem de disposição de rejeitos, além das áreas de apoio operacional.

O método de lavra a ser utilizado será de lavra a céu aberto com bancadas de 15 metros de altura e constituído das operações unitárias de perfuração, desmonte, carregamento e transporte.

O minério extraído será detonado visando desagregá-lo ao máximo, gerando assim o máximo de finos. Este procedimento implicará em uma maior produtividade dos equipamentos de carregamento e conseqüentemente um menor custo operacional. Além disso, a fragmentação do minério com geração do máximo de finos acarretará um menor consumo de energia nas operações de britagem e moagem.

O minério de ferro então será carregado por carregadeiras em caminhões fora de estrada com capacidade de transportar 218 toneladas de minério até a usina de concentração, onde o minério de ferro será britado, moído, processado e concentrado através do processo de flotação e separação magnética, onde serão retiradas a sílica e as impurezas, denominadas rejeitos do processo.

O rejeito será encaminhado por gravidade para a barragem de rejeitos, com capacidade para armazenar todo o rejeito gerado na exploração da mina.

Ao final do processo de concentração será obtido um minério de ferro com teor médio de 66% a 68% Fe. Este concentrado será encaminhado para o terminal privativo de embarque e exportado para clientes internacionais.

A produção anual projetada para a mina da Bahia Mineração é de 20 milhões de toneladas de minério de ferro com teor médio de 66% a 68% Fe.

espaço base texto  
espaço Página inicial
marcadorQuem Somos
marcadorNosso Negócio
marcadorProjeto Pedra de Ferro marcadorSustentabilidade marcadorGestão de Pessoas marcadorContato
marcador2Missão e Visão
marcador2O Minério de Ferro marcador2Captação de água Industrial marcador2Política de Sustentabilidade
marcador2Política  
marcador2Histórico
marcadorImprensa marcador2Mina e Usina de Concentração marcador2Meio Ambiente
marcador2Segurança e Saúde  
marcador2Onde estamos
marcador2Notícias marcador2Logística marcador2Projetos    
marcador2Acionistas marcador2Press Releases marcador2Terminal de Embarque Privativo marcador2Rel. com a Comunidade    
  marcador2Agenda marcador2Licenciamento Ambiental marcador2Comissão de Acompanhamento    
Av. Magalhães Neto, 1752, Ed. Lena Empresarial, 15º andar - Salvador Bahia - Brasil
Tel: +55 71 3507-0000 | Fax: +55 71 3507-0003 | site.bamin@enrc.com.br