Nosso Negócio

O Minério de Ferro

Substância mineral da qual o ferro pode ser obtido, insumo essencial para a produção de aço e por isso está tão presente na vida das pessoas. Por ser um metal maleável, pode ser trabalhado de diversas formas como: pontes, edifícios, panelas, pregos, geladeiras, parafusos, etc.

A Bahia Mineração pretende comercializar o minério de ferro para a indústria siderúrgica, extraindo e beneficiando o produto localizado na cidade de Caetité, na Bahia. 

                            

Logística

Serão implementados conceitos modernos e eficientes gerando riquezas, oportunidades, progresso e desenvolvimento sustentável à região. 

                       

              

Status do Projeto

   MINA

A mina do Projeto Pedra de Ferro pode chegar a produzir 20 milhões de toneladas de minério por ano.

Situação atual:

  • 2010 – Licença de Localização (CEPRAM nº 4066)
  • 2010 – Licença de Instalação (CEPRAM nº 4144)
  • 2013 – Licença de Alteração 01 (INEMA nº 5961) 
  • 2014 – Licença de Operação 1ª fase (INEMA nº 7758)   

  PORTO SUL

O Porto Sul é um projeto do Governo da Bahia em parceria com a Bahia Mineração que pretende transportar cargas como: minério de ferro, soja, milho, carvão vegetal, etanol, entre outros. O Porto será construído em Ilhéus, sul do Estado.

Situação atual:

  • 2012 – Licença Prévia (IBAMA nº 447)
  • 2014 – Licença de Instalação (IBAMA nº 1.024)
  • 2015 – Autorização de Supressão Vegetal (IBAMA nº 1.091)

  FIOL

A Ferrovia de Integração Oeste Leste-FIOL é uma obra do Governo Federal e terá uma extensão de 1.527 km e estabelecerá à comunicação entre o Porto Sul e as cidades baianas de Caetité e Barreiras a Figueirópolis, no Tocantins. A Fiol é a principal obra de infraestrutura em construção na Bahia e foi incluída na primeiro pacote de concessões do governo, através do Programa de Parceria de Investimentos (PPI).

Situação atual (trecho Caetité-Ilhéus):

  • Avanço físico das obras: 70,3%
  • Serviços de terraplanagem: 80,15%
  • Frente liberada para a obra: 98,8%.
  • Trilhos: 77,1% dos trilhos

Saiba mais sobre o andamento das obras da FIOL no site da Valec.

Última atualização: Setembro/2016.